Blog
Mar 10

Falar em público: Dicas para vencer este “Bicho de 7 cabeças”

Glossofobia é o medo de falar em público e é tão comum que, segundo um estudo publicado pelo jornal Sunday Times em 2015, este era o medo mais temido pelos indivíduos constituintes da amostra. O medo é um mecanismo de sobrevivência, o que significa que nunca nos conseguiremos ver livres dele. Contudo, principalmente nos casos em que este medo é esporádico, surgindo unicamente em situações pontuais, como uma apresentação na faculdade ou uma reunião de trabalho, existem algumas técnicas que te podem ajudar a comunicar melhor. Porque o medo de falhar é o maior inimigo da perfeição, saber controlar este bicho de 7 cabeças irá certamente ajudar-te a superá-lo.

  1. Começar e acabar a arrasar – A média de tempo que uma pessoa consegue manter o foco é cada vez menor, especialmente na era digital. Por norma, a captura da atenção do público é mais fácil no início e no fim dos discursos. Assim, deverás procurar começar a falar e deixar impacto desde a primeira palavra. Poderás, por exemplo, principiar por contar uma história e, no final, depois de resumidos os pontos mais importantes, a ela regressar para acabar em grande!
  2. Sê natural e espontâneo – Lembra-te de que quaisquer cábulas serão o teu inimigo e que ninguém conhece melhor a tua apresentação que tu, afinal não é verdade que foste tu que a elaboraste? Deixa de lado os papéis e explora a tua naturalidade. Já sabes falar desde os 2 anos de idade e estás constantemente a praticar nas tuas conversas do quotidiano. Age perante o público como agirias numa conversa normal.
  3. Atenta à tua expressão corporal – Se tudo comunica, a tua aparência e o teu corpo também. Não fiques imóvel, movimenta-te (sem exageros) no espaço designado para a tua apresentação. Por um lado, a tua expressão corporal transmite informações ao público. Por outro lado, também tem influência interior, podendo incrementar a tua sensação de autoconfiança.
  4. Interage com o público – Quem está a falar és tu, o que não implica que o tempo de antena seja só teu. As dezenas de pares de olhos que seguem os teus movimentos que o digam. Se o tema o permitir, procura envolver a audiência. Faz perguntas direcionadas e estabelece um espaço seguro no qual as pessoas se sintam confortáveis a participar. Sentir-te-ás muito menos sozinho!
  5. A prática faz o mestre – Seja porque preparaste a tua apresentação bem e praticaste o que ias dizer várias vezes ou até porque te inscreveste em workshops e cursos de Public Speaking, recorda-te que o saber nunca ocupa lugar e, quanto mais vezes falares em público, mais à vontade te sentirás!